GRUPO TÁTICO OPERACIONAL É NOVIDADE NA SEGURANÇA DE ARACAJU.

Senhor  secretario  Moacir Carlos e diretor  P.A  da SMSU de São Miguel dos Campos  e excelentíssimo prefeito George Clemente, vejam  o que colocaria o nome de nosso município em destaque, abracem esta causa  ,já temos o nosso grupo ( GOE ) , que não deixa nada a desejar  a outros grupos já formados.
Porque tanta dificuldade de CAPACITAR os nossos  guardas , para que atuem  em prol dos munícipes  com  um serviço de qualidade, respaldando-nos  perante a  lei e não a margem dela.
 
GM Wellington Jorge de Oliveira Mat.6654
Presidente da AGM-SMC

 Com o objetivo de proporcionar cada vez mais segurança à população aracajuana, a Guarda Municipal de Aracaju (GMA) criou o Grupamento Tático Operacional, o GTO. Esse grupo tem a f...inalidade de atuar em ocorrências que demandem uma atuação mais específica da Guarda, como manifestações, desocupações, combate ao tráfico de drogas nas praças da capital e apoio ao combate do transporte clandestino de passageiros.

“O GTO é um grupo de pronto emprego em ocorrências que exijam uma intervenção especializada, seja ela de ordem civil ou patrimonial, bem como o combate ao tráfico de drogas nas praças da capital e nos arredores das escolas públicas municipais. Outra frente de atuação do GTO é o combate ao transporte clandestino de passageiros, essa ação específica acontecerá junto com a SMTT”, explicou o coordenador do grupamento, o GM Tiago Emanuel.

Treinamento e Preparo

O grupamento nasce devidamente treinado e preparado para prestar um serviço altamente qualificado para a população aracajuana. Desde agosto deste ano, a GMA vem qualificando esses guardiões com instruções teóricas e práticas nas mais diversas áreas de atuação da instituição.

A instrução mais recente aconteceu durante todo o dia de ontem, 11, no stand de tiro da Petrobrás, na zona de expansão da capital.

“Os GMs do GTO passaram por um treinamento teórico e prático de tiro tático que preenche os requisitos mais atuais no emprego da arma de fogo calibre .38. Não apenas no manejo, mas principalmente, no cuidado com a vida de terceiros que possivelmente estejam envolvidos nas ocorrências”, finaliza o GM Tiago Emanuel, instrutor de tiro e coordenador do GTO.
Ver mais

Compartilhe
Notícias Anterior
Próxima Notícias